Visitas ao Baú ,parte V- Mercuriando

Em tempo de Mercúrio em movimento retrógado, estas viagens ao baú para republicar estas crónicas inicialmente publicadas no Sapo Mulher, têm sido surpreendentemente agradáveis para mim. Estes textos tiveram um parto quase forçado e escrever ainda não é algo que me aconteça com facilidade, mas reler estas palavras trouxe-me vontade para me contrariar e sair da tal da zona de conforto para voltar à escrita.

Imagem

O Deus da Comunicação nasceu cheio de recursos e parece que ainda mal tinha acabado de nascer e começou logo a fazer disparates e deu sumiço numas ovelhas que Apolo guardava, voltando matreiro para o berço.

Claro que ninguém acreditou quando Apolo tentou acusá-lo. Perante Júpiter, Mercúrio arranjou maneira de não mentir, mas também de não dizer a verdade. Daí vem aquela coisa de ele ser o patrono dos ladrões e mentirosos. E ainda aproveitou por encantar os deuses com a sua lira e Apolo, deliciado com aquilo, propôs-lhe uma troca e deu-lhe o caduceu. Já perceberam porque é que ele é o patrono. Dos ladrões, mentirosos e comerciantes?? Nunca me pareceu bem estas misturas, mas os deuses são seres muito complexos, nada como os humanos. Filho de Júpiter, transportava as mensagens dos deuses, por isso não tinha residência fixa.

Ainda bem que na altura não havia cartões únicos e essas coisas, senão ele estava desgraçado de cada vez que tivesse que preencher um formulário. Na versão grega, sob o nome de Hermes, transportava os mortos até ao mundo inferior. Apaixonado por Persefone, tentou resgatá-la do mundo de Hades, sem sucesso.

Mercúrio era um deus que fazia imenso sucesso: magrinho, ágil, muito expressivo, tagarela. E, por isso, teve imensos casos amorosos, um deles com Vénus, do qual nasceu Hermafrodito.

O chapéu dá-lhe invisibilidade, os sapatos com asas dão-lhe rapidez, tem uma bolsa para guardar os seus lucros… aqui encontramos relações com o signo de Gémeos. E, no caduceu – que é uma espécie de bastão que narcotiza, mas também símbolo da sabedoria de quem conhece as ervas – a relação com o signo de Virgem. Todos os planetas (não contando o sol e a lua) têm uma coisa que se chama movimento retrógrado, mas o de mercúrio é muito famoso. Nestas alturas, é evitar assinar contratos, compras e vendas e ter duplo cuidado com o que diz e escreve.

Para finalizar, o conselho do costume: vão lá conversar com a vossa astróloga e perguntem-lhe sobre a posição por signo e casa do vosso mercúrio, vão entender bem melhor como pensam e comunicam.

Anúncios

2 thoughts on “Visitas ao Baú ,parte V- Mercuriando

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s